CAMPUS-IBB---IMAGENS-ILUSTRATIVAS--7-

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação, divulgou nesta semana, o relatório do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes  (ENADE). 

 

Quarenta e quatro cursos de graduação da Unesp obtiveram os conceitos mais altos de 2019. Ao todo, do conjunto de cursos avaliados nesta edição, 88% dos cursos da Unesp obtiveram conceitos 4 ou 5, os mais altos do Enade.

 

Entre eles estão dois cursos do Instituto de Biociências da Unesp Botucatu. Ciências Biomédicas (Biomedicina), que no ENADE de 2016 havia recebido conceito 3, subiu para conceito 4. Nutrição, por sua vez, subiu de 4 para 5.

 

Estudantes de ambos os cursos apresentaram desempenho superior quanto à média geral nacional e avaliações de Formação Geral e de Conhecimento Específico. O desempenho dos alunos credencia ainda mais os cursos de graduação do IBB, que continuam a figurar na seleta lista dos melhores do País.

 

“Neste sentido, é importante ressaltar que permaneceremos engajados na busca permanente de uma proposta pedagógica do curso alinhada às exigências nacionais e na formação acadêmica de qualidade de futuros profissionais competitivos”, enfatiza a Profª Dra. Patricia Pinheiro, coordenadora do curso de Ciências Biomédicas do IBB.

 

“Destaco a dedicação dos nossos docentes e o mérito dos nossos alunos que se empenharam em demonstrar todo o conhecimento adquirido. Vamos comemorar essa conquista trabalhando para garantir um curso cada vez melhor com a implantação da reestruturação curricular. Além de aumentar as possibilidades dos nossos egressos em termos de empregabilidade”, afirma a Profa. Dra. Cintia Yuri Matsumura, coordenadora do curso de Nutrição.

 

O Enade avalia o desempenho dos estudantes em relação a conhecimentos, competências e habilidades desenvolvidas ao longo do curso. Aplicado pelo Inep desde 2004, sempre em ciclos de três anos, este exame integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).


4toquescomunicaçãoassessoria de comunicaçãoassessoria de imprensaibunespenadenutriçãociências biomédicasunesp botucatubotucatueducação