ShowFile (2)

O IBD Certificações, única certificadora para produtos orgânicos 100% brasileira com atuação e reconhecimento internacional, vai participar da 15ª edição da Bio Brazil Fair e Naturaltech. O evento, maior feira de alimentos orgânicos e naturais e evento de negócios do setor na América Latina, será realizado entre os dias 5 e 8 de junho, no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo, capital. No local, será montado um estande entre os expositores, onde os interessados poderão tirar todas as dúvidas sobre os serviços do IBD.

 

Além da exposição, a feira conta com vendas de produtos, desde cosméticos até alimentos, bem como oficinas e palestras com programação voltada ao mundo dos orgânicos.

 

Apenas no último ano, foram mais de 170 marcas expositoras, mais de 1500 produtos lançados e mais de 40 mil visitantes.

 

Alexandre Harkaly, diretor executivo do IBD, disse que a importância de participar da feira neste ano é ainda maior. “Ela cresceu fortemente. O encontro é uma boa forma de visualizar, de forma mais detalhada, a dimensão, diversidade e dinamismo do mercado de orgânicos e natural. E a expectativa deste ano é de termos uma visão para onde vai o mercado orgânico no próximo ano e projetar para a próxima década”, afirma.

Para este ano, o estande do IBD trará algumas novidades. Entre elas, um aplicativo para gestão de certificação orgânica para o produtor integrado à certificadora. “Além disso, serão mostrados diversos serviços do IBD que não param de crescer. Há novos selos adicionados, como o ISCC (International Sustainability and Carbon Certification) e SAI Platform, importantes na área de sustentabilidade”, revela.

 

Alexandre conta que outro destaque este ano será o estande de produtores DEMETER, com novos lançamentos de produtos certificados.

 

“O mercado orgânico conta no Brasil com aproximadamente 18.000 produtores cadastrados no MAPA, crescendo em média 1000 produtores por ano desde 2011, início oficial do programa Brasileiro de certificação. Temos várias novas adesões e certificações de orgânico, desde novas pequenas empresas, como o Clube dos Pães, que mostrou um sucesso inicial nas vendas inédito, até empresas maiores como a Seara, entrando no mercado com frango orgânico, e Nestlé, com produção de leite orgânico. O Fair Trade IBD está também em franca evolução, com novas adesões e consolidando o conceito no Brasil. Neste momento existe uma busca por parte de vários setores de implementar medidas positivas a campo que permitam uma evolução técnica, social e humana de todos os envolvidos na produção agropecuária. O Fair Trade- comercio ético- tem uma boa perspectiva neste sentido", relata Harkaly.

 

Sobre o IBD
Com sede em Botucatu, no interior paulista, o IBD é a maior certificadora para produtos orgânicos da América Latina e a única brasileira de orgânicos com credenciamentos e selos do mercado internacional. Conta com uma equipe especializada de inspetores que fiscalizam as propriedades agrícolas e os processos de produção para verificar se o produto está sendo cultivado e/ou processado de acordo com as normas orgânicas, Demeter e sustentáveis.

 

A entidade oferece mais de 15 selos para diferentes segmentos, como apicultura, pecuária de corte e leite, processamento de alimentos, produção agrícola, de cosméticos, de insumos, de vinho, têxtil, entre outros.

 

O IBD Certificações também ministra cursos e palestras abertas de entendimento das normas. Os participantes têm a oportunidade se capacitarem e de se atualizarem com as principais leis e normas orgânicas.

 

Mais detalhes podem ser conferidos no site www.ibd.com.br

 

ibd ibd certificaçõesmarketing digitalassessoria de comunicaçãoassessoria de imprensacomunicaçãobotucatuorgânicosbio brazil fairbiofachfeirasão paulo